Pecém movimentou 70% mais cargas entre portos brasileiros

Cabotagem tem sido opção para empresas que tiveram o custo com frete rodoviário elevado no último ano, após a definição de uma tabela de frete fixo para o envio de mercadorias por caminhões


Por Bruno Cabral / Benes


Em 2018, o Porto do Pecém, que desde outubro concentra as operações de cabotagem no Ceará, movimentou 220.422 contêineres de 20 pés. FOTO: Natinho Rodrigues.